Ingredientes fundamentais para criar a identidade das cervejas.


Ingredientes fundamentais para criar a identidade das cervejas.

A seleção criteriosa dos ingredientes utilizados na produção das cervejas faz toda a diferença para uma experiência final inesquecível. Continue lendo o blog de hoje para entender como esses detalhes criam uma identidade singular para cada estilo da bebida.

 A Água

Quando se fala sobre os ingredientes de uma cerveja, é impossível não comentar sobre o papel fundamental da água neste processo, afinal, ela representa mais de 90% da composição de uma cerveja.

E assim como cada estilo de cerveja tem um tipo de malte e lúpulo ideais, com a água não seria diferente. Isso mesmo, nem toda água é igual!

Atualmente, encontrar a água perfeita para produzir cerveja de forma natural é uma tarefa complicada, pois a composição química varia de acordo com cada região. Porém, com o avanço da tecnologia, se tornou possível tratar a água e atingir os níveis ideais de padronização para cada cerveja.

Aqui na Brewine Leopoldina, nós contamos com uma das poucas máquinas do Brasil que realizam a “osmose reversa”, responsável por todo o tratamento de água, retirando as toxinas e fazendo as adequações necessárias para que aquela água represente as características originais de cada estilo de cerveja.

 O Lúpulo

Conhecido popularmente como o “tempero da cerveja”, o lúpulo é uma flor responsável pela intensidade do amargor, aroma e sabor de uma cerveja, além de ser um conservante natural, ajudando a bebida a manter-se boa para o consumo por mais tempo.

Existem diversos tipos de lúpulo ao redor do mundo, e cada um deles possui variados graus de amargor e aromas, influenciando diretamente na experiência cervejeira.

É devido ao lúpulo que uma cerveja se torna mais aromática, como é o caso da Leopoldina APA, por exemplo.

Outro aspecto interessante sobre este ingrediente é que a etapa em que o lúpulo é inserido pode mudar completamente o papel dele na bebida. Ou seja, quando ele é colocado no começo da fervura, os aromas evaporam e o lúpulo contribui mais com o amargor. Porém, quando inserido no fim, ele confere aromas valiosos para a cerveja.

 O Malte

Fundamental para conferir sabor, aroma, corpo e cor para a bebida, o malte nada mais é do que um grão, como trigo, cevada ou centeio, que passou pelo processo de maltagem.

Devido às diversas formas de secagem dos grãos, uma cerveja pode ser mais suave, com sabor leve, como é o caso da Leopoldina Pilsner Extra, ou mais forte, com nuances caramelizadas, como é o caso da Leopoldina Red Ale.

Além disso, é possível combinar diversas variedades de malte, criando uma complexidade maior de aromas e sabores.

Outra função destinada aos maltes é garantir os amidos (açúcares) necessários para que as leveduras possam realizar o processo de fermentação posteriormente.

 A Levedura

A levedura é considerada um dos ingredientes mais importantes da cerveja, afinal, é ela que vai transformar todos os outros componentes na bebida que conhecemos.

Todo este processo acontece através da fermentação, onde a levedura vai consumir os açúcares liberados pelo malte e transformá-los em álcool e gás carbônico.

Além disso, existem leveduras de baixa e alta fermentação, responsáveis por dividir as cervejas em ALE´S e LAGER´S.

 Mas não termina por aí, conheça os Ingredientes Especiais!

Mesmo que a água, o malte, o lúpulo e a levedura sejam os ingredientes essenciais para uma bebida ser considerada cerveja, atualmente existem outros elementos que podem ser utilizados para trazer novas características a essa tão amada bebida.

Ervas, sementes, frutos e especiarias podem dar vida à uma explosão de sabores e aromas que tornam a cerveja ainda mais única. Dois ótimos exemplares para conhecer mais o papel destes ingredientes são a cerveja Leopoldina Italian Grape Ale, pois leva em sua composição o mosto da uva Chardonnay, dos reconhecidos vinhos da Casa Valduga e a cerveja Witbier, elaborada com a infusão de sementes de coentro e casca de limão siciliano.

 Para entender ainda mais, é só experimentar!

Agora que você já sabe qual é o papel dos ingredientes no universo cervejeiro, é só experimentar e prestar atenção nas características surpreendentes de cada estilo!

 



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!