Dicas para aprender a ler o rótulo das cervejas artesanais.


Dicas para aprender a ler o rótulo das cervejas artesanais.

Na maioria das vezes, é nos rótulos que encontramos as informações mais importantes sobre a cerveja, e entender o que são essas características é essencial para você compreender o que cada uma pode oferecer, escolhendo o estilo que mais combina com o seu gosto pessoal.

Além das informações obrigatórias como ingredientes, data de fabricação, data de validade, número de registro do produto, entre outros, os rótulos contêm dados muito importantes para garantir uma experiência de consumo ainda melhor.

CATEGORIA

A categoria é uma das características mais intuitivas dos rótulos. Atualmente, existem mais de 100 tipos diferentes no mercado, mas as mais conhecidas são as Ales, cervejas mais fortes e com temperatura de fermentação mais elevada, como a Leopoldina IPA, e as Largers, que são mais refrescantes e fáceis de beber, como a Leopoldina Pilsner Extra.

Entretanto, dentro dessas categorias existem outros estilos igualmente únicos, como as Stouts e Porters, que também são Ales.

TEOR ALCÓOLICO (ABV)

O ABV (Alcohol By Volume) é o número que informa a porcentagem alcóolica presente em cada 100ml de cerveja.

Este valor é importante para saber o quanto você gostaria de beber, além de influenciar diretamente no sabor e aroma da bebida.

Se você está procurando uma cerveja com bastante álcool, a Leopoldina Old Strong Ale, com 11% de ABV é uma ótima opção. Mas, caso você prefira um exemplar mais leve, a Leopoldina Bohemian Pilsner é ideal, pois apresenta 5% de ABV.

AMARGOR (IBU)

O IBU (International Bitterness Unit) é a escala feita para indicar o amargor da cerveja, ou seja, quanto maior for o número, mais amarga a bebida será.

Na Leopoldina, a cerveja mais amarga é a IPA, com IBU de 60. Já a mais suave é a mundialmente premiada Italian Grape Ale, com apenas 5 IBU.

COLORAÇÃO (EBC)

Indicador de coloração, o EBC (European Brewery Convention) determina se a cerveja é definida como clara ou escura. Quando a bebida apresentar um índice de até 20 IBC, ela é considerada clara, porém, quanto maior for o IBC, mais escura ela será.

A cerveja Leopoldina Witbier é considerada clara, pois possui 9 EBC, já a cerveja Leopoldina Russian Imperial Stour é uma das mais escuras, com 90 EBC. 

 

Agora que você já sabe como ler os rótulos, já pode decidir qual a sua cerveja Leopoldina favorita e levá-la para sua casa!

 

 



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!