Sabores cervejeiros na estação das flores


Sabores cervejeiros na estação das flores

Com a chegada da estação das flores e temperaturas mais agradáveis na maior parte do Brasil, você pode estar se perguntando: “Existe algum tipo de cerveja que combine mais com a primavera?” A resposta mais objetiva é: sim. Mas, também depende. =)

Acompanhe nosso raciocínio nesse artigo para esclarecer essa dúvida de uma vez por todas!

 

A primavera é vista como a estação mais esperada do ano, justamente por chegar para aliviar as temperaturas mais rígidas do inverno. Além disso, ela é associada também à retomada do plantio e da colheita em boa parte do mundo. É pela primavera que muitos poemas e músicas ganham vida, fazendo dela a estação mais simbólica de todas. A conexão entre cerveja e primavera é inevitável, uma vez que a elaboração da cerveja depende diretamente da agricultura e dos ciclos da natureza.

Já sabemos que no inverno, por exemplo, as cervejas mais escuras, encorpadas e com maior teor alcoólico costumam ser mais bem-vindas. Com as temperaturas mais agradáveis da primavera e a diversidade de aromas e sabores, as combinações mais aceitas costumam carregar atributos como refrescância e citricidade.

No geral, uma boa estratégia é explorar estilos de cervejas que levem frutas e flores em suas composições ou experimentar rótulos com características herbais, já que estes costumam ser mais refrescantes, encaixando perfeitamente nessa época do ano.

Separamos 3 rótulos que entregam justamente essa harmonia entre cores e sabores para você se deliciar na estação das flores:

 

Cerveja Leopoldina Session Pale Ale

Elaborada com maltes especiais e lúpulo europeu, a Session Pale Ale tem como fator marcante o frescor. Com aromas frutados e ligeiras nuances florais e cítricas, ela é uma cerveja extremamente versátil! No que diz respeito à harmonização, ela vai muito bem com saladas, queijos leves e peixes.

 

Cerveja Leopoldina Witbier

Tradicionalmente produzida na Bélgica (famosa pelos seus chocolates e cervejas) e na Holanda (terra das tulipas), a Witbier, que significa “cerveja branca”, é a descendente direta das cervejas medievais armazenadas antigamente com temperos cítricos. A nossa Witibier possui um toque adocicado e cítrico proveniente do coentro e da casca de limão siciliano. A harmonização fica por conta dos frutos do mar, como camarão e lula.

 

Cerveja Leopoldina  American Pale Ale

A American Pale Ale revela um distinto aroma cítrico. Concebida nos Estados Unidos, o estilo APA surgiu entre os anos 1970 e 1980. Elaborada com a técnica dry hopping, a nossa APA revela o intenso aroma cítrico do lúpulo. O malte Extra Pale Maris Otter é responsável pela coloração dourada, resultando em grande equilíbrio e perfil refrescante! É uma ótima pedida para acompanhar petiscos, comida mexicana e massas com molhos diversos.

 

Gostando das temperaturas mais agradáveis, dos jardins mais floridos, e até dos cantos dos pássaros mais entusiasmados? Que tal saborear a chegada da primavera com uma cerveja Leopoldina na mão? Acesse nossa loja virtual!

 

 



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!