Melhor forma de consumir cerveja no inverno


Melhor forma de consumir cerveja no inverno

Algumas pessoas costumam deixar a cerveja um pouco de lado com a chegada dos dias mais frios do ano. Mas, quem disse que ela precisa ser degustada somente gelada? É exatamente sobre isso que vamos falar no blog de hoje.

Antes de tudo, para conhecer a melhor maneira de consumir cervejas no inverno, é necessário ficar atento a alguns detalhes para não errar na hora de fazer a sua escolha:

 

Teor alcoólico:

Uma das principais características na hora de escolher a bebida perfeita para o inverno é o teor alcoólico elevado, ou seja, quanto maior for, mais forte e encorpada a cerveja tende a ser, trazendo uma sensação de aquecimento para a boca. Outro exemplo são as cervejas licorosas, que normalmente tem um teor maior de álcool.

 

Temperatura:

Quando se trata da temperatura da cerveja, o ideal é preferir as que possam ser consumidas em temperaturas maiores, entre 6°C e 10°C, uma vez que isso irá aumentar a sensibilidade das papilas gustativas, revelando sabores próprios desses estilos.

 

Coloração:

Fique atento às cores, maltes com níveis maiores de torra costumam possuir tons mais acobreados e escuros, sendo mais apropriados para a estação. O envelhecimento em barris de madeira também pode ser responsável pela coloração mais escura.

 

Harmonizações:

Uma ótima maneira de deixar a sua experiência ainda mais interessante é harmonizando as cervejas com comidas típicas de inverno. Massas, risotos, queijos e sobremesas com chocolate serão ótimas combinações.

 

Maturação em barris de madeira:

Quando uma cerveja é maturada em barris de madeira, as características do local de armazenamento são transferidas para a bebida, deixando-a ainda mais encorpada. Essa particularidade também é um forte indicador de que o estilo é ideal para ser consumido no inverno.

E para facilitar a sua escolha e deixar a sua experiência ainda mais grandiosa, nós separamos duas cervejas especiais da Leopoldina que combinam perfeitamente com os climas frios:

 

Cerveja Leopoldina Old Strong Ale:

Resultado da mais fina seleção do malte, com notas de frutas secas, nozes, mel e vinho do porto, a cerveja Leopoldina Old Strong Ale passa por dez meses de maturação em barricas de carvalho antes utilizadas nos licorosos vinhos da Casa Valduga e é ideal para um inverno intenso e cheio de sabor.

Para uma degustação completa, harmonize esta cerveja com carnes de caça, massas condimentadas e queijos de sabor intenso.

 

Cerveja Leopoldina Imperial Russian Stout:

A cerveja Leopoldina Russian Imperial Stout é marcante e intensa. Com notas frutadas que abrem caminho para os adocicados aromas de toffee, caramelo e chocolate, ela amadurece por três meses em barricas de carvalho francês, com refermentação na própria garrafa. Densa e aveludada no paladar, ela irá trazer mais complexidade e elegância para o seu inverno.

Queijos mais fortes e sobremesas elaboradas com chocolates, como brownies e peitit gateaus harmonizam perfeitamente com esta cerveja.

 

Agora que você já sabe como consumir cerveja em dias frios, conta pra a gente: qual Leopoldina você vai escolher para aquecer o seu paladar nesse inverno?

 




Por
16/06/2021


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!