3 Motivos para ser um apreciador de cerveja artesanal


3 Motivos para ser um apreciador de cerveja artesanal

É fato que o mercado de cervejas artesanais segue em crescimento no Brasil, mas qual seria a relação entre esse crescimento e a valorização de uma cultura, como a brasileira, que tem como foco a experiência de consumo?

Em uma pesquisa realizada pela MindMiners em parceria com a consultoria AT Kearney foram analisados os hábitos dos consumidores de cerveja, quais tipos de mudanças ocorreram nos últimos tempos e quais fatores têm feito o mercado de cerveja artesanal crescer. Entre os dados mais interessantes, destacamos:

O sabor diferenciado, o apoio à cultura cervejeira artesanal e a diversidade de opções de rótulos foram apontados como motivos principais para o consumo da cerveja artesanal.

Quando comparadas com as cervejas de larga escala, o sabor diferenciado das cervejas artesanais foi citado por 77% dos entrevistados. Além disso, 59% dos participantes concordaram com a maior qualidade no produto artesanal.

Cada vez mais as pessoas estão aperfeiçoando seus paladares cervejeiros, descobrindo territórios mais complexos com nuances e combinações que saem do tradicional Pilsen das cervejarias de larga escala. Com essa tendência se tornando mainstream, um leque enorme de possibilidades se abre com o objetivo de explorar essa experiência do consumidor.

Diante desses dados, preparamos 3 motivos principais para que você se torne um apreciador de cervejas artesanais de verdade!

 

1. Saudabilidade:

As cervejas artesanais, normalmente, têm maior qualidade do que as produzidas em larga escala por não usarem ingredientes como conservantes, corantes e outros compostos prejudiciais à saúde. Por exemplo, o uso de milho transgênico utilizado por muitas cervejarias nacionais de larga escala coloca em detrimento a qualidade final do produto. O próprio lúpulo natural, muitas vezes, acaba sendo substituído por essência artificial, o que inevitavelmente interfere no sabor, aroma e qualidade do produto final.

 

2. Harmonização:

Um dos grandes diferenciais da cerveja artesanal, como já ressaltamos, é a qualidade. E isso influencia também nas situações em que a cerveja artesanal é apreciada. Muito além do clichê churrasco, praia e barzinho, a cerveja artesanal pode (e deve) ser bebida em outras ocasiões, como um jantar, por exemplo. Assim como um bom vinho, a cerveja artesanal faz toda a diferença quando bem harmonizada com uma criação gastronômica. Ela pode ser, inclusive, usada na própria receita, algo que constantemente recomendamos tanto aqui no blog, quanto nas nossas mídias sociais.

 

3. Sabores diferenciados:

A variedade de sabores do mundo das cervejarias artesanais é infinitamente maior do que das cervejarias de larga escala. Aprender a apreciar as nuances de cada combinação torna a degustação incrível! Quanto mais conhecemos a respeito de cada estilo, suas origens e como os ingredientes “conversam” entre si, mais rica será a experiência. Portanto, sempre que estiver com uma cerveja artesanal no copo, lembre-se da importância de reajustar o seu paladar. Esse processo de desconstrução de padrões de referência limitados baseados nas cervejas de larga escala faz com que você fique mais atento às particularidades e sutilezas de um produto artesanal, elevando sua capacidade de percepção e tornando a experiência de degustação muito mais agradável.

 

Ser ou não ser? Agora que você já sabe as principais características que diferenciam uma cerveja artesanal de uma cerveja produzida em larga escala, fica difícil dizer não…

As cervejas especiais da Leopoldina, como a Belgian Tripel, Italian Grape Ale e Russian Imperial Stout são perfeitas para você mergulhar de vez no mundo das cervejas artesanais de qualidade!

Acesse nossa loja virtual e encante-se!

 



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!